Macro-atividade #276

Atividade 5: Desenvolvimento de ambientes de SaaS específicos na UFCG

Adicionado por Antônio Tadeu Azevedo Gomes mais de 4 anos atrás. Atualizado mais de 3 anos atrás.

Situação:Em andamento Início:01/11/2012
Prioridade:Normal Data prevista:30/10/2013
Atribuído para:Abmar Barros % Terminado:

100%

Categoria:- Tempo gasto: -
Versão:-

Descrição

Esta atividade contempla a divulgação da plataforma mc2 junto a potenciais usuários na UFCG, com o objetivo de identificar aplicações que possam ser executadas na plataforma mc2. Identificadas essas aplicações, as mesmas serão utilizadas para a configuração de ambientes de SaaS customizados que facilitem a utilização da aplicação por seus usuários.

mudancas-climaticas.png (129,9 KB) Abmar Barros, Quinta, 07 de Novembro de 2013, 19:31 hs

mudancas-climaticas.jdf (478 Bytes) Abmar Barros, Quinta, 07 de Novembro de 2013, 19:31 hs

mudancasclimaticas-alg.zip (4,4 MB) Abmar Barros, Segunda, 25 de Novembro de 2013, 19:41 hs

cisternas.jpg (152,3 KB) Abmar Barros, Segunda, 25 de Novembro de 2013, 19:41 hs

lista-algoritmos.jpg (128,7 KB) Abmar Barros, Segunda, 25 de Novembro de 2013, 19:41 hs

mudancasclimaticas.jpg (151,5 KB) Abmar Barros, Segunda, 25 de Novembro de 2013, 19:41 hs

reservatorios.jpg (168,8 KB) Abmar Barros, Segunda, 25 de Novembro de 2013, 19:41 hs

reservatorios-alg.zip (77,9 KB) Abmar Barros, Segunda, 25 de Novembro de 2013, 19:41 hs

cisternas-alg.zip (70,9 KB) Abmar Barros, Quinta, 16 de Janeiro de 2014, 18:17 hs

Histórico

Atualizado por Abmar Barrosmais de 4 anos

Após analisar possíveis aplicações que podem ser executadas na plataforma, decidimos começar a implantação pelo projeto SegHidro, que disponibiliza um conjunto de ferramentas para uma melhor gestão dos recursos hídricos. Essas ferramentas extraem e analisam grandes quantidades de dados climáticos, podendo formar workflows de diferentes formatos. O grande desafio de criar um ambiente SaaS para esse conjunto de ferramentas é adaptá-las para um formato executável standalone, para que seja possível fazer upload e execução nos recursos. Atualmente estamos adaptando a ferramenta de extração de dados (Mudanças Climáticas) para um formato standalone.

Atualizado por Antônio Tadeu Azevedo Gomesmais de 4 anos

  • Data prevista ajustado para 30/10/2013
  • Situação alterado de Nova para Em andamento
  • % Terminado alterado de 0 para 50

Atualizado por Antônio Tadeu Azevedo Gomesmais de 4 anos

  • Início ajustado para 01/11/2012

Atualizado por Abmar Barrosalmost 4 years

Após modificar o MudancasClimaticas para um formato standalone, criamos um job OurGrid que fosse capaz de recriar as funcionalidades encontradas em http://mudancasclimaticas.seghidro.lsd.ufcg.edu.br/. Conseguimos testar com sucesso em nossa comunidade usando os dados coletados pelo IPCC (http://www.ipcc-data.org/sim/gcm_clim/SRES_AR4/index.html). O passo seguinte foi criar um algoritmo CSGrid que fosse capaz de recriar este job a partir do SGA OurGrid, e que também funcionasse em outras plataformas.
Assim criamos o algoritmo MudancasClimaticas (em anexo), testado em nosso deployment CSGrid local com SGAs OurGrid. Depois disso, começamos a implementar mais dois algoritmos, o Cisternas e o Reservatórios (http://seghidro.lsd.ufcg.edu.br/index.php?option=com_content&view=article&id=46&Itemid=57&lang=en). Já conseguimos refatorar as duas aplicações para um formato standalone, nos resta criar algoritmos CSGrid para cada uma delas.

O próximo passo para concluirmos esta tarefa consiste em criar portais usando o PortEditor para cada as três aplicações SegHidro aqui citadas. Ainda cheguei a acessar o PortEditor do SINAPAD (www.lncc.br/sinapad/PortEditor) para tentar gerar o WAR de um algoritmo qualquer e configurá-lo para utilizar os nossos algoritmos e nosso OpenBus local, mas a aplicação estava fora do ar.

Em anexo seguem um exemplo de um JDF que utiliza o MudancasClimaticas, um printscreen da janela de parâmetros do algoritmo no CSGrid e os arquivos fonte do algoritmo.

Atualizado por Abmar Barrosalmost 4 years

Na última semana,integrei mais duas aplicações do SegHidro (Cisternas e Reservatorios) ao nosso CSGrid local e fizemos a implantação do PortEngin com esses três algoritmos.

Para conseguir colocar o PortEngin para executar em nossa infraestrutura, tive que atualizar o CSGrid para a versão 1.8, disponibilizada por Bruno, ao mesmo tempo que tive que mudar o OpenBus da versão 2.0 para uma versão 1.5.x. Além disso, percebi que os algoritmos não eram carregados pelo PortEngin uma vez que eles faziam uso das tags <grupo_de_entrada> e <grupo_de_saida>. Após essas modificações, o PortEngin carregou com sucesso os três algoritmos mencionados.

Em anexo seguem screenshots da nossa implantação do PortEngin, além das últimas versões dos algoritmos das aplicações SegHidro.

Atualizado por Abmar Barrosalmost 4 years

  • Arquivo excluído (mudancasclimaticas-alg.zip)

Atualizado por Abmar Barrosmais de 3 anos

  • % Terminado alterado de 50 para 100

Nos últimos meses fizemos um deployment interno ao LSD do portal SegHidro, criado a partir do PortEngin. O portal disponibiliza três das aplicações do SegHidro: Mudanças climáticas, Cisternas e Reservatórios. Neste deployment, também instalamos o SGA OurGrid, que funciona como proxy de submissões do CSGrid para o OurGrid.

Entramos em contato com a equipe que originalmente trabalhou no SegHidro, e conseguimos dados reais para as aplicações citadas. Estes dados podem ser encontrados em [[http://www2.lsd.ufcg.edu.br/~tellesmvn/Seghidro/SegHidro/Seghidro%20-%20Apresenta%C3%A7%C3%A3o]]/.

Com os dados em mãos, testamos com sucesso todos os três algoritmos propostos.

Atualizado por Abmar Barrosmais de 3 anos

  • Arquivo excluído (cisternas-alg.zip)

Atualizado por Abmar Barrosmais de 3 anos

Atualizando cisternas-alg.zip

Exportar para Atom PDF